HQ

Published on agosto 11th, 2014 | by Thiérri Parmigiani

1

A Maldição de Boa Fortuna

Recentemente dei a sorte de entrar em uma loja de HQs e dar de cara com o artista André Só vendendo seu quadrinho independente: A Maldição de Boa Fortuna. Vale dizer que ele fez a HQ inteira sozinho. Foi um ano elaborando o roteiro e o projeto e mais um na arte, letreiramento e edição do livro.

capaAMaldicaodeboafortunaO retiro conta a história de três amigo mochileiros que estão procurando uma fazenda abandonada para fazer algumas fotos. Eles acabam encontrando a tal fazenda, mas descobrem que ela não está abandonada. Fantasmas de escravos e seus senhores ainda habitam Boa Fortuna como se nada tivesse acontecido. Como dois dos amigos são negros, as coisas se complicam bem rápido.

Antes de falar mais sobre o roteiro, vale chamar a atenção para a arte geral da HQ que é toda em preto e branco (sem tons de cinza). Já os fantasmas dos senhores são em tons de cinza sobre a arte PB de fundo, o que dá uma boa impressão de que são turvos. Em contrapartida, os escravos são chapados em PB assim como os cenários e os vivos, o que deixa em aberto se estão mortos ou são vivos escravizados pelos fantasmas.

Entrei em contato com o André para tirar umas dúvidas sobre a arte. Apesar de ter gostado bastante da forma como os fantasmas contrastam com a arte PB, fiquei intrigado por essa escolha que acaba desfavorecendo um pouco roteiros em que a cor de pele dos personagens é muito importante, já que todos são desenhados com a cor branca.

“A hq ser preto e branco foi algo desafiador, sim, já que o tom de pele de cada um é importante para a narrativa, mas eu não poderia contar com a cor para resolver. Eu optei por não “pintar” os personagens negros de preto nem deixar os brancos apenas com o contorno. O que fiz foi intensificar o modo como sombra e luz refletiria em cada tipo de pele. Acho que isso e a caracterização dos personagens deixa tudo claro o suficiente, sem haver comprometimento da narrativa.”

Voltando à história, gostei bastante como o ambiente é dividido em duas partes. Quando vemos os escravos, a história é bem pesada e mais voltada ao terror, já a parte dos fantasmas é mais engraçada e quase voltada ao humor. Isso, é claro, porque os senhores levam uma boa vida e não sofrem com os castigos e tal.

                              BoaFortuna_02

Minha avaliação de A Maldição de Boa Fortuna é que vale muito a pena ir atrás e comprar essa HQ. Gostei muito e estou ansioso para conhecer mais trabalhos do André Só.

Tags:


About the Author

Gosta de criar analogias absurdas. Apaixonado por quadrinhos e cinema apesar de não conseguir decorar o nome de mais de uma dúzia de diretores, escritores e desenhistas. Acredita que o Magneto é o Jesus dos mutantes. Tem só 60kg, mas merecia pesar uns 150kg.



Back to Top ↑
  • Categorias


  • PODCAST DESTAQUE

  • Curta a TdG