HQ

Published on julho 22nd, 2014 | by Bruno Arruda

Age of Ultron

Confesso que não sou um leitor assíduo de quadrinhos. Ora pela preguiça de entender a complexidade desses arcos infinitos sem ordem clara e ora por simplesmente não saber o que ler e por onde começar. Me recomendaram o “Age of Ultron“, primeiro arco importante da Marvel em 2013, e agora que saiu aqui no Brasil, eu resolvi ler. As HQs foram escritas por Brian Michael Bendis e desenhadas por Joe Quesada e outros tão bons quanto.

A história conta, basicamente, como Ultron, a inteligência artificial criada por Hank Pyn a.k.a. o Homem Formiga, conseguiu juntar forças suficientes para derrotar todos os heróis e seres-humanos da face da Terra. A história é bem simples. Mas pelo que eu pude entender, serve apenas como pano de fundo para que sejamos introduzidos ao multiverso da Marvel, tema dos próximos arcos desse ano.

É sempre válido lembrar que foi anunciado na Comic-Con que o filme Vingadores 2 terá Ultron como vilão principal. O diretor Joss Whedon também anunciou que a história não será baseada nesse HQ.

ultron_001

AS INFINITAS DIMENSÕES DA MARVEL

Todo mundo que lê quadrinho sabe que é normal (até mais do que deveria) existir universos paralelos. O capitalismo é o principal vilão dessa coisa toda, porque com infinitos multiversos você pode fazer infinitas histórias e ganhar infinitos dinheiros. Deve ser assim que o dono da Marvel pensa – se eu fosse o dono, pensaria assim sem dúvidas.

Mas aí começam os problemas. Apesar de ser bem divertido ler as idas e vindas no tempo que a turminha do bem faz em Age of Ultron, chega uma hora que cansa. E pior, começa a ficar sem sentido demais. Chega ao ponto do Wolverine do futuro-futuro ir pro passado encontrar o Wolverine do futuro-passado e impedir que ele faça o que quer que ele tenha feito. É muito confuso de ler, entender e explicar pra alguém isso.

O ponto fraco fica por conta do final um tanto quanto broxante. O roteirista perdeu a mão de quando acabar e não teve o impacto merecido, apesar da cena ser bastante animal.

O ponto forte fica por conta de ter sido o primeiro grande arco da Marvel em 2013.

A REAÇÃO DO PUBLICO AMERICANO

Nos comentários do review da décima e ultima edição do arco, feito pela IGN, fica nítido o que o público americano pensou do quadrinho. Vocês podem clicar aqui e ler, mas já vai sabendo que terão spoilers de monte. É maioria esmagadora quem comentou dizendo que pagar 40 dólares por esse arco ($3,99 por cada revista) foi um roubo da Marvel e que daria pra fazer esse arco em muito menos revistas.

De fato eles tem razão, mas vou poupar o Sr. Marvel por isso também. Ele é o cara que quer o dinheiro infinito. E ninguém colocou o revolver na cabeça das pessoas para que elas comprassem nada. É o que eu fico me dizendo toda vez que assisto um filme ruim e tenho vontade de esmurrar a tela do cinema.

E AÍ, VALE OU NÃO?

Amiguinhos, vou dizer que vale sim. Vale por ser o primeiro arco importante da Marvel esse ano e por ser a partir dessas revistas que a editora vai se basear para escrever os próximos arcos. Apesar de rolar algumas enrolações durante a história, não acho que tenha comprometido. Esqueça o final broxante e mergulhe de cabeça no túnel do tempo com a Sue Storm e o Wolverine… putz… eu tô me segurando pra não soltar um spoiler. Enfim, comprem, leiam e me escrevam sobre o que vocês acharam e quais seriam os próximos passos da Marvel nos quadrinhos!

ultron_002

Tags: , ,


About the Author

Fã declarado do Kira. Acha Shadow of the Colossus superestimado. Seu animal preferido é o macaco. Sabe até hoje a música de abertura dos Changeman e já se mijou pelo Jaspion.



Back to Top ↑
  • Categorias


  • PODCAST DESTAQUE

  • Curta a TdG