Jogos

Published on maio 12th, 2014 | by Mayara de Oliveira

Análise – Clima de Copa de Mundo nos gramados virtuais

Todos sabem minha paixão pelo futebol e o quanto estou ansiosa para o início da Copa do Mundo. Jogar o novo game da EA, Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, só me deixou ainda mais ansiosa para o início da competição.

Para aqueles que esperam um “FIFA 14 com Copa do Mundo”, sinto lhes dizer que essa não é a realidade. O jogo apresenta uma jogabilidade diferente de seu antecessor, arrisco dizer que está mais parecido com o seu arquirrival, Pro Evolution Soccer. O game está mais rápido, a velocidade dos jogadores está acelerada, o que dificulta a troca de passes e armação das jogadas.

Os produtores apresentaram algumas novidades no game, como os goleiros poderem tentar desconcentrar os batedores de pênalti na hora das cobranças e a possibilidade de escolher entre quatro opções de jogadas ensaiadas na hora de cobrar os escanteios.

CopaDoMundo01

Como o jogo não foi produzido para os consoles da nova geração, não apresenta mudanças gráficas significativas, o que não quer dizer que ele não está bonito. Pelo contrário, ele está bem agradável, com cores, ilustrações e trilha sonora que fazem referências ao Brasil. E os 12 estádios oficiais do mundial estão lá também – apesar de não estarem prontos na vida real ¬¬.

As animações no início das partidas estão bem legais, elas mostram uma panorâmica do estádio, desde o lado de fora até as arquibancadas, que agora contam com uma torcida menos genérica e mais personalizada de acordo com cada país, além de esboçar reações de alegria na hora do gol e preocupação em momentos tensos, e isso acontece também fora dos estádios, com inserts do FIFA Fan Fest, que mostram telões em pontos turísticos de cada país.  Os técnicos das seleções também ganharam destaque, orientam os jogadores, comemoram gols, reclamam de jogadas mal realizadas, e por aí vai.

Os modos de jogo não fogem do normal. O principal (e óbvio) é o Copa do Mundo da FIFA 2014, no qual você escolhe uma seleção e briga pela taça do mundial. O interessante nesse modo é que nos intervalos entre os dias de jogos há dias de treino, então você pode treinar seus jogadores para que eles melhores suas habilidades em diversos quesitos. Outra coisa legal é que o cansaço e os cartões são acumulativos, então é preciso saber administrar bem a sua equipe.

Se você quiser classificar alguma seleção que não está na competição desse ano pode se arriscar no modo Caminho da Copa do Mundo da FIFA, para jogar as eliminatórias e partir rumo ao mundial.

O modo Capitão da Seleção é baseado no modo Carreira das edições anteriores da franquia. Escolha um jogador já existente ou monte o seu próprio para disputar a braçadeira de capitão da seleção do seu país. O calendário desse modo é ainda mais extenso, começa em 2010, pois você inicia sua jornada na seleção B e disputa jogos amistosos e eliminatórias até alcançar o seu objetivo principal: levantar a taça na final da Copa do Mundo.

No online as opções são: Caminho para o Rio, que funciona como as Temporadas online, e Copa do Mundo da FIFA Online, onde você escolhe uma seleção e enfrenta adversários independente da tabela real da competição.

Tiago Leifert e Caio Ribeiro continuam à frente da narração do jogo, com informações sobre a história dos confrontos, curiosidades sobre as Copas e até depoimentos pessoais de Caio sobre sua experiência como jogador. E é claro, as piadas envolvendo a Argentina estão mais presentes do que nunca.

No que o jogo se propõe em relação à competição mais importante do futebol é muito competente, pois conseguiu transmitir o clima da Copa com identidade brasileira e modos de jogo que garantem a diversão, pelo menos nesse período de Copa do Mundo. No começo fiquei um pouco incomodada com a mecânica, mas depois de dias jogando acabei me acostumando e me diverti à beça, principalmente nos modos online.

Tags: , ,


About the Author

Produtora audiovisual e observadora da maternidade nas horas vagas. Não dispensa uma partida de FIFA e uma boa discussão sobre futebol. Acredita que Sam é o verdadeiro herói do filme "O Senhor dos Anéis". Não gosta de macaco e queria ter uma girafa de estimação.



Back to Top ↑
  • Categorias


  • PODCAST DESTAQUE

  • Curta a TdG