Jogos

Published on setembro 17th, 2014 | by Redação TdG

Carisma e Stan Lee garantem a diversão em Lego Marvel Super Heroes

Por Leandro Tavares

Não faz muito tempo, me perguntava como o companheiro Thiérri conseguia jogar tanto Lego Marvel Super Heroes. Durante algumas semanas era quase regra abrir o Facebook e ver uma atualização dele no meu feed. Joguei muito jogos da série no Playstation 2, mas na geração seguinte a fórmula já me parecia gasta. Joguei somente Lego Batman e Lego Star Wars: The Complete Saga. As versões de Harry Potter, Indiana Jones e Piratas do Caribe para o PS3 não passaram da demo.

Mas dois fatores me fizeram arriscar e investir um tempo no jogo com os personagens Marvel: a falta de jogos neste início de geração e uma promoção que fez o preço do game cair para R$35. E não somente pelo preço, mas o investimento valeu muito a pena. O início do game se dá com o controle do Homem de Ferro e do Hulk. Como era de se esperar, os personagens possuem habilidades características que devem ser usadas em momentos das fases para avançar.

375986184

O mais impressionante, porém, não é a possibilidade de voar, soltar raios, esmagar inimigos ou disparar teias. O carisma dos personagens se destaca mais que qualquer super poder, ainda mais pelo fato deles serem tão ligados à cultura pop. Ao longo das fases é possível ver cartazes dos filmes da Marvel,  só que com os bonecos Lego no lugar dos atores. Também é muito divertido deixar seu personagem parado por alguns segundos. O Homem de Ferro, por exemplo, faz o passinho do robô.

Um dos maiores responsáveis pelo carisma é o trabalho de dublagem, com piadinhas e brincadeiras. Infelizmente só há dublagem em inglês, portanto este ponto fica um tanto restrito, apesar das legendas na maioria das falas. Outras, no entanto, são ignoradas, como as pessoas nas ruas do hub em Manhattan comentando a passagem do herói (algumas vezes errando o nome deste, tornando a imersão mais natural).

Outro quesito que dá ainda mais diversão na busca pelo colecionáveis do jogo é ele, o rei das participações especiais, Stan Lee. Durante o game você deve resgatar 50 Stan Lee em perigo. Ele pode estar em qualquer lugar das fases, de pendurado num parapeito até esmagado embaixo de uma lata de lixo. E a dublagem é feita pelo próprio, que brinca dizendo ser o rei das aparições.

No fim das contas, o Lego Marvel Super Heroes rende não somente por ser uma boa diversão para fãs do universo dos quadrinhos. Até mesmo pelo fato de que são tantos personagens e veículos para coletar além dos 115 que são liberados após as fases que muitos eu mesmo sequer conhecia. O game é uma boa pedida para qualquer um que goste do estilo de jogos Lego, com uma trama digna de um especial em cinco edições da própria Marvel. Nota: 8

Tags: ,


About the Author

A "Redação TdG" é um grande espaço ocupado por ´jornalistas goblins´ que escrevem suas matérias sob pressão de editores furiosos! Algo muito diferente do que acontece em grandes veículos de comunicação.



Back to Top ↑
  • Categorias


  • PODCAST DESTAQUE

  • Curta a TdG