Entrevistas

Published on dezembro 8th, 2015 | by Bruno Arruda

0

Entrevista com Rodolfo Arantes – SAGA

Durante a Comic Con Experience 2015, tivemos a oportunidade de conversar com Rodolfo Arantes, Marketing Manager da escola de games SAGA. Falamos sobre o mercado de produção de games, a invasão dos indies e a importância de feiras como a CCXP.

Rodolfo, explica pra gente o que é a SAGA e qual seu público alvo. Dá pra ver que tem muita criança aqui… existe uma idade mínima pra fazer o curso?

Em primeiro lugar, obrigado pela visita aqui no stand. A SAGA foi a primeira escola de desenvolvimento de games da América Latina e uma das pioneiras na parte de computação gráfica. O nosso grande público hoje é o jovem mesmo, nós temos alunos a parir de 12 anos. Mas a grande maioria está entre 14 e 20 anos. E eles vem pra SAGA para criar aquilo que eles sentem falta no mercado.

Imagino que em 2003, quando a escola começou, a ideia de quem entrava era fazer jogos AAA. Hoje o indie game é a bola da vez e é um negócio muito mais palpável para quem está na escola. O mercado indie favoreceu vocês?

Tudo que você vai fazer, seja na parte de computação gráfica ou na parte de jogos, você parte de uma referência. Nós trouxemos recentemente a Ina Jang, CEO da Smilegame, que veio lançar a atualização do Crossfire. Ela fez uma palestra no BIG Festival e uma palestra na SAGA. E uma coisa muito legal que ela falou foi “quando você quer criar um game do zero, uma coisa que você acha que vai bombar, tem grandes chances de não bombar”. A grande dica é: vê qual a linha que o mercado tá tocando. Ela deu como exemplo o Crossfire que é o FPS mais jogado no mundo. Ela pegou o Counter Strike, tirou o que ela não gostava e colocou o que ela achava que faltava e o jogo explodiu. As referências são muito importantes.

Qual a importância para a SAGA de ter um stand na Comic Con Experience e ver tanta criança vindo brincar e mexer nos moldes? E o que mudou do ano passado pra cá?

A SAGA ensina entretenimento. Games é entretenimento, efeitos visuais é entretenimento, então, nós trabalhamos com entretenimento de forma profissional. A Comic Con é a maior feira de cultura pop e entretenimento no mundo. E a Experience já é a maior do Brasil. A SAGA não pode ficar fora disso. Esse ano nós viemos com um stand muito mais interativo. As pessoas entram e não ficam só admirando. Vem jogar, vem dançar Just Dance, vai mexer na escultura. É um stand para você chegar e se divertir mesmo.

A gente mexe com entretenimento e com games mas ainda somos uma escola. Nós acreditamos na educação como solução para esse país. Se a gente conseguir pegar um aluno e esse aluno nós conseguirmos colocar um norte na cabeça dele, já valeu a pena tudo que estamos fazendo.

A SAGA tem pretensão de abrir um estúdio indie para lançar jogos com o selo da SAGA?

Isso está no nosso radar. Mas estamos mais próximos de um projeto de uma empresa júnior, onde os alunos do curso comecem a fazer produções para o mercado. Isso está mais próximo de acontecer.

Tags: ,


About the Author

Fã declarado do Kira. Acha Shadow of the Colossus superestimado. Seu animal preferido é o macaco. Sabe até hoje a música de abertura dos Changeman e já se mijou pelo Jaspion.



Back to Top ↑
  • Categorias


  • PODCAST DESTAQUE

  • Curta a TdG