Séries

Published on junho 4th, 2015 | by Dih Negretto

0

Finalmente terminei de assistir O Rei do Crime, digo Demolidor

ESTE POST CONTÊM SPOILERS DA 1ª TEMPORADA DE DEMOLIDOR;  

Você que não estava os últimos 70 anos congelado ou não é um viajante do tempo que veio visitar o futuro, sabe que a Netflix lançou em 2015 a série dramática, tão aclamada por crítica e público, Demolidor.

Pelos moldes adotados pela Netflix, as temporadas são disponibilizadas completamente de uma única vez, assim, como não é de se espantar, muitas pessoas fizeram maratonas e assistiram todos os episódios em questões de dias (ou horas). Porém, como vocês já devem ter notado no título do post, terminei de assistir a série apenas essa semana. Resolvi ir assistindo aos poucos (me segurando ao máximo para não assistir mais de 2 episódios de uma única vez) pois decidi assistir com minha noiva e queria ir “digerindo” cada episódio aos poucos.

Sendo assim, como já existem MILHÕÕÕESS muitas resenhas/críticas sobre Demolidor, resolvi dedicar esse post a um ponto da série que me chamou muita a atenção e, já adianto, gostei muito, o vilão.

02

“O herói é medido pelo tamanho de seu inimigo”. Concordo muito com essa frase e, nesse quesito, Demolidor está muito bem servido pelo seu vilão principal nessa temporada (e que também deve ser nas próximas temporadas), Wilson Fisk “O Rei Do Crime”.

Brilhantemente interpretado por Vicent D’Onofrio, Wilson Fisk, que por enquanto ainda não se tornou O Rei Do Crime conhecido nas HQ’s, é um empresário de Hell’s Kitchen que tem planos de transformar o local onde vive em um lugar melhor. Tal objetivo poderia ser digno de um herói se não fosse os meios e a lógica (pelo menos na cabeça dele) de suas ações. Fisk não é um vilão clássico. Durante toda a temporada, as várias facetas de sua personalidade vão sendo construídas e apresentadas, mostrando um lado humano em um vilão que, muitas vezes, perde essa humanidade quando fora do controle.

Sem dúvidas, um dos melhores episódios dessa temporada (vale sempre lembrar: na minha opinião de merda) é o 8º – Shadows in The Glass. Nesse episódio, dedicado à Wilson Fisk, vemos vários flashbacks sobre a infância do personagem. Fisk foi um menino solitário e criado por um pai violento. Seu pai, que tinha o sonho de se eleger vereador e mudar de vida, acaba-se endividando para financiar sua campanha. Após perder a eleição e ver que os garotos do bairro zombam de seu filho chamando-o de fracassado, Bill Fisk força o filho a revidar de maneira extremamente bruta, espancando o outro garoto.

Por fim, durante mais um episódio de espancamento de Bill em sua esposa (mãe de Wilson), o garoto repete o comportamento que aprendeu de seu pai e mata-o, em um ataque de fúria e desespero, para salvar sua mãe.  Juntos, Wilson e sua mãe, livram-se do corpo e o garoto guarda as abotoaduras do pai e a utiliza todos os dias para não se esquecer de quem é.

Fisk, não é um vilão caótico. Possui uma sensibilidade cativante e acredita estar fazendo o melhor para o local onde mora. Assim, após conhecermos mais a fundo a mente do antagonista, acabamos por sentir compaixão pelo personagem.

3

Vale lembrar também, outras duas cenas fantástica do último episódio dessa primeira temporada que, mais uma vez, exibem a personalidade do vilão. A primeira é quando Wilson Fisk é resgatado por seus homens, enquanto está sendo transportado para a cadeia, e a câmera lateral mostra o personagem caminhando imponente, do carro da polícia até o veículo de resgate. Antes de fechar a porta, Fisk ordena: “Matem qualquer um que venha atrás de mim, por terra, pela água ou pelo ar!”.

A segunda cena, e a última do vilão nessa temporada, mostra Fisk sentado na cama de sua cela, vestido todo de branco, olhando para a parede, igual à quando era criança e depois quando adulto, o quadro que comprou para seu quarto. Nesse momento, vemos que o “Rei do Crime” está pronto.

4

Dessa forma, a série Demolidor entrega uma história densa e cativante, sendo capaz de exaltar seu herói pelo tamanho de seu vilão, pelo tamanho do “Rei do Crime”.

Tags: , ,


About the Author

Mestrando, computeiro e aspirante a pesquisador. Gosta tanto da Marvel quanto da DC, mas pensa que é o Batman. Sonha em construir uma IA capaz de conquistar o mundo e deixá-lo milionário.



Back to Top ↑
  • Categorias


  • PODCAST DESTAQUE

  • Curta a TdG