Fora do Hype

Published on Maio 20th, 2015 | by Fabricio Caleffi

0

[Fora de Hype #5] Resogun

Quem nunca teve um PS4, provavelmente não vai fazer ideia de que game é este. E se você não comprou o console no lançamento, provavelmente também não! Eu não comprei, e nem lembro como acabei jogando isso, mas digo: é uma das razões para eu ser um feliz proprietário de um PS4!

Nunca fui muito chegado em jogos de navinha, até Resogun, que o coloca para voar ao redor de um globo. Acaba sendo basicamente a mesma coisa de um jogo de progressão lateral, mas aqui você pode ir para frente e para trás, e ainda ver o que está rolando mais adiante.

Resogun_2013_11-11-13_001

Tá, mais qual o barato aqui? O barato, meu amigo, é que quando você pega a manha, já sabe onde os inimigo vão surgir, pega o esquema de salvar os humanos no mapa, qual nave se adapta mais ao seu estilo e como cada upgrade da arma funciona, você vira uma máquina de destruição ininterrupta. E é nessa hora que o game mostra o que essa atual geração de consoles mais quer mostrar: partículas! E é cubinho e luzes voando pra tudo o que é lado, que nem o Pikachu teria vez aqui. Mas, incrivelmente, não há relatos de ataques epiléticos. E nem slow-downs, mesmo com toda o ‘estroboscopismo’ rolando.

O modo principal tem cinco fases, cada uma com um chefão final, bem simples em design, mas manerassos de enfrentar. Além disso, há quatro níveis de dificuldade, só que o último… já é daquelas dificuldades ‘só para japoneses’. Não vou me extender aqui, mas resumindo: tem muito mais inimigos, e cada um que você destrói dispara um último tiro, que é algo que você não presta a menor atenção até desbloquear essa dificudade, então, se prepare para passar muita, muita raiva aqui.

Ah, e há também um editor de naves que te permite construir praticamente qualquer coisa. E navegar pelas criações dos usuários é uma outra diversão – eu encontrei até Jesus pregado na cruz como uma nave!

resogun

Dificuldade para platinar/milar: Diliça! Se você pegar gosto pelo jogo, inevitavelmente vai fazer tudo. A única conquista que pode não ocorrer naturalmente é a de salvar dois humanos em menos de 2 segundos, mas vou te ensinar como: basta ter dois libertados próximos a um dos pontos de resgate. Pegue um deles, pare a nave próxima ao chão e do outro humano andando e fique apertando L2 e subindo conforme joga os humanos para cima. Pronto, mais um troféu / conquista.

Tags: ,


About the Author

Nerd, geek, gamer, aquarista, papai, um pouco de tudo e um muito de nada. Adora um salto de fé, um risolis e uma boa conversa com amigos. Não decora nomes, não lembra datas, mas de alguma maneira, acerta o próprio aniversário.



Back to Top ↑
  • Categorias


  • PODCAST DESTAQUE

  • Curta a TdG